sábado, 11 de fevereiro de 2012

Primeiras Semanas A Bordo, Sobrevivendo


Não Vale a pena Desistir no começo, para O 1° Embarque investimos dinheiro, tempo, envolvemos a familia, tiramos dinheiro as vezes de onde não temos, tudo para investir em um sonho, em um plano;

Temos muitas expectativas antes do embarques, muitos sentimentos de euforia, animação, vontade de ir logo, conhecer o mundo, viajar, e as dívidas do que vou enfrentar e encarar, o que vou encontrar;
Fazemos planos, conhecemos pessoas que também vão embarcar, não temos o pensamentos de ir e dessistir mas de ir e Terminar o contrato, e só pensamos e esperamos, coisas boas;

Mas não é isso que aconteçe, nem sempre, e nem é assim que será a primeira semana a bordo;
Por Isso o importante é manter o Foco, e também pensar, ler, conversar, conhecer quem já foi,
por na balança e pesar se é válido ou não eu investir neste processo, é válido ou não eu embarcar;

Já ouvi isso várias e várias vezes de pessoas que diziam as tais frases:
"eu trabalho desde meus 15 anos"; " eu sei que estou indo para trabalhar". "eu to acostumado com isso"

e tantas outras, e com 1 dia, ou até mesmo 6 dias, 1 mês pedir para ir embora

As alegaçoes e os motivos são inumeros;
"não gostei da empresa", "não sou animal para isso", A mais conhecida e ouvida de todas,
"EU NÃO PRECISO DISSO AQUI", rs  "o trabalho é uma merda, trabalha muito"
e tantos e tantos outros motivos, de quem até algumas semanas atraz dizia estar pronto e apto !!

Por isso realmente é importante saber para onde está indo e o porque está Indo; e o que terá de fazer, e as obrigações que terá de cumprir, 
As Primeiras semanas não são facieis as vezes, para alguns Sim mas  para outros não,

Primeiro mês É adaptação, é aprendizado, independente da experiencia que tenha em terra, a Bordo são outros 500, 
Existe um ritmo que se segue há anos, existe uma forma um estilo, uma maneira de trabalhar, uma coreografia, e quando embarcamos precisamos dançar a mesma dança, aprender os mesmos passo,
E Isso não acontece nos primeiros dias;

Para muitos ao chegar no primeiro dia a bordo, leva aquele baque, um choque, é notável nas feições a cara de 'assustados' !!, O trabalho é uma correria, e estamos como perdidos, precisamos entrar e correr juntos.

Neste momento que todos pensam, o que é que eu vim fazer aqui ??
Penso que isso passa pela cabeça de todos, é o desejo de voltar é Fato, ele existe naquele momento,


Importante neste momento, mantermos a calma a cabeça focada, nos planos que eu fiz, no que imaginei, no que investi e encarar ! são apenas alguns meses, e sem duvida o 1° Mês é adaptação do local, do ambiente de confinamento, do conhecimento e entendimento do trabalho, das normas dos procedimentos gerais e inumeros que existem a bordo,

Primeiras semanas, Primeiro mês, fazemos cagadas, cometemos gafes e erros, levamos bronca e etc,
sentimos um cansaço enorme, são 11h de trabalho diariás e as vezes fazemos um pouco mais se estiver tudo muito corrido, o corpo dói, estranhamos a comida, o ambiente as pessoas e etc são fatores e fatores, que muitos passam, e encaram de uma maneira Normal, encaram bem, e outros não,

Encontramos sempre, alguns chorando, reclamando querendo ir embora, e outros que dizem, Estou Adorando, realmente é relativo de pessoas para pessoa, da forma e maneira que cada um de nós encara os desafios na Vida;

Por isso é importante "SOBREVIVER" as primeiras semanas, dar a chance de se conhecer melhor, de aprender o trabalho e a função, pois depois que sabemos tudo, levamos na 'moleza', depois que acostumamos com o horário nem sentimos mais, pois já estamos 'adaptados'

Já ouvi de muitos que após embarcar disse - "eu descobri que não é pra mim'
Uma pena, ter que ir para descobrir isso,

Uma coisa é Certa o trabalho a Bordo não é PARA TODOS, a vida a bordo não para todos aqueles que procuram, acaba sendo um estilo de vida, por isso temos conhecimento de tantos que vão e desistem, e são N os motivos.

Eu acredito que se você sobrevive ao 1° Mês, o contrato inteiro será levado de boa,

Procure estar ciente das obrigações, da vaga que irá exercer,
ter conciencia de que está indo para Trabalhar e não para conhecer o Mundo.
De que muitos dias não poderá descer no porto, Pois está trabalhando

e não adianta reclamar de chefe, ou da empresa, pois você assinou um contrato de trabalho e não com uma agencia de viagen !!

Teremos nossas horas de break de folga para isso,

Ter noção e entendimento de que o navio funciona por causa dos tripulantes, que prestam serviços, de que a falta o desfalque de um atrapalha e prejudica todo um time, de que estamos ali para manter o grande navio funcionando,

Uma Boa sorte !!!


Um comentário: