domingo, 5 de fevereiro de 2012

SAUDADES

"Saudade é aquilo que está fora do alcance,Longe do olhar,perto do pensamento e mora dentro do coraçãoA saudade é a dor do afastamento.É a dor de não ter,É a dor de não ver.É uma imagem no pensamento"

com certeza, esta palavra ai, este sentimento as vezes pega o tripulante a bordo.

Me lembro de estar alguns meses a bordo, e ligar para casa no dia do aniversário 
da minha irmãzinha mais nova, que estava completando 3 anos de idade.
Ao falar com ela no telefone, ela me disse: Porque Eu não estava  em sua festa? Ela estava com muita saudades (rs) e que o pedaço de bolo estava guardado na geladeira pra quando Eu chegasse (rs) confesso que ao desligar o telefone é um momento dificil, a 'saudade' bate, realmente não  tem como não deixar cair umas lagrimas durante a semana (rs);

A bordo, por estarmos trabalhando e morando dentro do mesmo ambiente, as emoções parecem que ficam mais 'intensas', no seu dia a dia em casa, você trabalha, volta pra sua casa, no navio? Não, você trabalha e as vezes muda apenas de deck (andar) ou as vezes é no mesmo deck (andar) e após o termino do trabalho vai pra sua cabine (rs), e nas poucas areas liberadas para tripulação que existem no navio;
Acredito que isso tudo contribui para sentimentos diversos, estarem mais presentes e intensos. 

mas são dias, que passam...trabalho, pressão no trabalho, distância de casa, amigos, familiares, namorada(o) e todo este novo ambiente, pessoas desconhecidas torna os primeiros dias, semanas e até mesmo meses a bordo, um obstaculo grande.

Já vi e conheci muitas pessoas que desistiram no início do contrato, que abriram mão dos planos e até mesmo do trabalho, por conta da saudades e da adaptação;


Nenhum comentário:

Postar um comentário